Quote

O essencial é saber ver, mas isso,
triste de nós que trazemos a alma vestida,
isso exige um estudo profundo,
aprendizagem de desaprender.
Eu prefiro despir-me do que aprendi,
eu procuro esquecer-me do modo de lembrar
que me ensinaram
e raspar a tinta com que me pintaram os sentidos,
desembrulhar-me
e ser eu.

Alberto Caieiro

.

Advertisements

kawô

Standard

“Xangô ou Shango orixá dos raios, trovões, grandes cargas elétricas e do fogo. É viril e atrevido, violento e justiceiro; castiga os mentirosos, os ladrões e os malfeitores.”

Hoje é dia de projeções energéticas, magnéticas e vibratórias na linha de forças da justiça e da bipolaridade. Dia de necessária concentração nos pedidos ao orixá, tendo em mente as irradiações receptivas e ativas, sabendo que as forças são igualmente positivas e negativas. Dia de juntar as mãos em ato de receptividade energética, respeito à natureza e às outras divindades. Dia de exaltação e fogos e eu saúdo: Kawó-Kabiesilé Xangô!

Xangô tem direto sincretismo com São João Batista e hoje é dia de festa, quentão, pipoca, vinho quente e muita fogueira.

Dia de transmutação pelo Fogo Sagrado, que destrói tudo o que é ruim, trazendo a nós tudo o que é possível de acordo com o merecimento.

Que o sagrado nos abasteça com as suas forças e divindades.

Que assim seja!

.

Lua
Eu abro espaço em respeito e admiração, pois 
minha religião é o Amor.

tênue

Standard

maresiasAlém da linha do horizonte que separa planos e montes, há desejos satisfeitos por palavras informes, estrelas e Luas Crescentes.

Oposta a isso, ela desenha ondas e sons calmantes a acariciar a margem de seus pés tímidos, quando sentada de costas para o centro-oeste, vislumbrando alguém chegar por trás e tapar seus olhos e brincar de “adivinha-quem-é?”, sonhando.

Se pudesse daria um salto distante, brincaria de física quântica, praticaria as teorias especiais e de relatividade. Dia desses desenhou um intervalo de tempo, nele justificou todas as possibilidades e deteve-se a devanear o que poderia ser impossível. Descobriu que vácuo, vazio e nada são meras teorias humanas e que dentro até mesmo do nada ainda cabe o conceito.

O ser humano não consegue, em sua língua imprópria, explicar o Universo – concluiu. Escreveu em arco, acima do horizonte  – acima do monte – acima do plano – acima da Terra, a palavra “densa”. Densidade ilustrando o que palavras são incapazes, era um símbolo muito restrito criado na tentativa de entender o todo e para que esta não flutuasse sobre qualquer matéria universal, manteve entre aspas – “densa”. Algumas coisas não devem ser ditas nem entendidas, compreende? – Acentuou assim, interrogativa, para que fossem postas todas as possibilidades.

Então pensou no Sol e as explosões e ventos e plumas e cachos dourados, da gigante-vermelha à anã-branca, de toda a transformação eruptiva, manchas, eclipses… foi até Mercúrio e voltou extasiada. Tanta energia concentrada – enfim, para visualizar o Sol.

Tanta energia, tanto do que foi dito, do que há para dizer, tantas palavras para “um” entender, tanto o que transpor sem fenecer, tanto, tanto, tanto… e era só abrir os olhos, os braços, a mente e o coração e escrever sem redundância:

O tempo é apenas uma linha Tênue que separa o EU de VOCÊ.

Era isso.

Só isso.

.

lua

azul

Standard

tuas águas me molharam

e eu sobrevivi à pequena morte,

entre os cachos,

a pele salgada

e o cheiro azul

de água doce.

lua

.