vo.ar

Standard

estamos todos condenados ao voo…

e voar requer abrir os braços e amar.

amar cada fração de tempo.

voar requer, entre tantos atributos, abrir os olhos e perceber, sem tato, médias, dons, a química corrosiva de outras vidas, de outro signo.

ir.

amar é revelia.
voar é intenção.

bird_diana

abraço o tempo, com a cara colada ao infinito.

num voo sóbrio, franco, suave.

indo.

no direito de sentir  a falta do outro e a minha plenitude.

voo reticente e breve diante da malha do tempo.

demorado o entendimento.

uma lição é certa: para o voo ser sublime, é necessário o vento.

.
.
.

lua felicia

17:17